blog

blog

terça-feira, 16 de maio de 2017

Campanha ‘Faça Bonito’ combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST) realiza a Semana de Combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. Nesse contexto, durante toda a semana serão desenvolvidas atividades e rodas de conversas nos nove Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Juazeiro do Norte e em algumas escolas municipais. Na quinta-feira, 18, acontecerá grande Caminhada ‘Faça Bonito’, em alusão ao dia nacional de combate.
A proposta da campanha é sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, que conta com um número ainda alarmante no Brasil, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). A campanha ‘Faça Bonito’ tem o objetivo de buscar formas para garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade.
As denúncias podem ser feitas através do Disque Denúncia Nacional (Disque 100), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), a Ouvidoria do Município e dos Conselhos Tutelares. “Onde a prevenção não consegue chegar, é importantíssimo que a população denuncie e se mobilize para combater essa infeliz realidade”, afirmou a Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho, Isabela Bezerra. As denúncias serão encaminhadas para os órgãos que trabalham com a prevenção e o combate desse tipo de exploração.
Caminhada 18 de maio
Em alusão ao Dia Nacional de Combate à Exploração e Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, a SEDEST irá promover uma caminhada para alertar e conscientizar a população acerca dessa problemática. A concentração acontecerá às 8h, na Praça da Prefeitura e irá percorrer a Rua São Pedro até a Praça Padre Cícero. A Secretaria de Desenvolvimento Social convida toda a população para somar forças nessa luta, que é de todos.
 Entenda o que é exploração sexual de crianças e adolescentes
A violência sexual praticada contra a criança e o adolescente envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de geração, de gênero, de etnia, de orientação sexual, de classe social e de condições econômicas. Nessa violação, são estabelecidas relações diversas de poder, nas quais tanto pessoas e/ou redes utilizam crianças e adolescentes para satisfazerem seus desejos e fantasias sexuais e/ou obterem vantagens financeiras e lucros. 
Telefones para denúncias:
CREAS 35871104
Conselho Tutelar 35873349
Ouvidoria do Município 3571-5208
DISQUE 100 

Nenhum comentário:

Postar um comentário